4 de janeiro de 2017

Encontrando-me, de Cora Carmack

Título: Encontrando-me (Losing it #3)
Autor: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
N° de páginas: 290
Classificação:


✏ Sinopse: A maioria das garotas mataria para passar meses viajando pela Europa após a formatura da faculdade, sem responsabilidade, sem os pais e sem limite nos cartões de crédito. Kelsey Summers não é exceção. Ela está tendo o momento de sua vida... ou isso é o que ela continua dizendo a si mesma. É um negócio solitário, pois está tentando descobrir quem ela é, especialmente porque está com medo de não gostar do que pode encontrar. Nenhuma quantidade de bebida ou dança pode afugentar a solidão de Kelsey, mas talvez Jackson Hunt possa. Depois de alguns encontros casuais, ele a convence a fazer uma viagem de aventura ao invés de ficar bebendo. A cada nova cidade e experiencia, a mente de Kelsey se torna um pouco mais clara, e seu coração menos. Hunt ajuda a desvendar seus próprios sonhos e desejos, mas quanto mais ela conhece sobre si mesma, mais percebe o quão pouco ela sabe sobre ele.


"Uma aventura é uma janela aberta, e um aventureiro é a pessoa disposta a rastejar pelo peitoril e saltar."


Kelsey viaja por vários lugares em busca de diversão, bebedeira e sexo. Tudo isso para não ter que voltar para sua vida monótona na casa dos pais - e, claro, para irritar o próprio pai. Vivendo de futilidades, ela tenta convencer a si mesma de que aquilo é o melhor caminho - o que, no fundo, sabe que não é a verdade.

O rumo de sua vida muda significativamente quando ela conhece o soldado Jackson Hunt, um cara que acaba ajudando Kelsey em um dia de bebedeira e que começa intrigá-la profundamente. A partir daí, vamos embarcando em um romance encantador e descobrindo muito mais sobre o passado dos dois.


"Encontrando-me é mais um daqueles livros para ser adicionado à lista de leituras rápidas. Não conseguia largá-lo e a história (que é contada pela personagem principal) se desenvolveu de forma satisfatória. Acabei finalizando a leitura em praticamente um dia!

"Vivemos como se fôssemos o centro do nosso universo, mas somos apenas pedacinhos de um todo fragmentado." 

O livro fala sobre viagens, tanto no sentido literal da palavra, como no sentido de viajar para dentro de si mesmo. Conhecer seu próprio eu. Se encontrar. Eu consegui mergulhar junto com os dois personagens nessa aventura que eles viveram. 

A história também inclui um assunto sério, que foi bem trabalhado: estupro (e suas consequências). É visível o quanto isso abalou a personagem, a fez esconder uma imensa mágoa dentro de si e fingir ser uma pessoa que não é. O ocorrido também a deixou extremamente infeliz com os pais - que, na época, não deram a mínima.

"Mas a beleza era um veneno. Uma mentira. Era uma fachada, e nada além disso." 

Hunt é apaixonante, todo seu esforço para mantê-la na linha e tirá-la do abismo em que se encontrava completou sua personalidade (mesmo com algumas coisinhas que são reveladas na reta final).

A leitura foi ótima, assim como a do segundo livro (Fingindo) que li - esse é o terceiro -. Continuo gostando bastante da escrita da Cora Carmack e curiosa para ler outros livros da autora!


ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com
Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

Um comentário:

  1. Oi, mô! Tudo bem?
    Li o segundo volume da trilogia à um tempinho atrás e adorei demais a escrita da Cora, ela é incrível e muito bem-humorada. Confesso a você que por causa da capa eu QUASE, repito, QUASE não iria ler "FINGINDO". Graças a Deus que isso não aconteceu e eu acabei amando a história <3

    Beijos, beijos :* | Lu - justificou.tk

    ResponderExcluir