3 de julho de 2016

Tudo e Todas as Coisas, de Nicola Yoon

Título: Tudo e Todas as Coisas
Autor (a): Nicola Yoon
Editora: Novo Conceito
N° de páginas: 300
Classificação:


✏ Sinopse: "Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre."

"Só porque é a primeira vez, não quer dizer que é menos verdadeiro, não é? Até mesmo o universo tem um início."

Madeline é uma garota que acaba de completar seus 18 anos e o normal seria pensar que já era dona do próprio nariz. Sair de casa, entrar na faculdade, namorar sério. Mas nada disso passa por sua cabeça, já que seu mundo é completamente diferente. As paredes são limites impostos por sua doença. Ela não pode sair de casa, quase nunca recebe visitas e sua saúde tem que ser repetidamente verificada. O que ela tem? Uma rara alergia ao mundo, denominada IDCG.

Com seus livros e seus estudos online, ela tenta passar o seu tempo, alternando também entre realizar tarefas e brincadeiras com a mãe e a enfermeira (e amiga), Carla. Todo o ar de sua casa deve ser filtrado e as eventuais visitas (quando há alguma) devem passar por um processo de descontaminação, tudo por causa de sua doença. Madeline fora diagnosticada quando era somente um bebê, o que aconteceu antes de seu pai e seu irmão falecerem em um trágico acidente.

Tudo começa a mudar quando uma família nova se muda para a casa da frente. De seus novos vizinhos, um se destaca: Olly. Um garoto diferente, que logo chamou sua atenção (o que, certamente, também aconteceu com ele em relação a Madeline). E-mails e bate-papos começam a fazer parte de seus dias, tornando-os muito mais alegres e interessantes. Ele acaba se tornando seu segredo. E também o seu amor.

"- Nunca senti por ninguém o que eu sinto por você. - Ele não pronuncia essas palavras em voz baixa. Na verdade, ele as diz até mesmo alto demais e em um fluxo acelerado como se as palavras já desejassem há um longo tempo ser liberadas."

Gostei da escrita da autora logo de cara. A história me prendeu de uma forma que eu não imaginava que iria acontecer. Sabe quando você começa a ler um livro e não deseja largá-lo por nada (nem depois de terminar a leitura)? Foi isso que aconteceu com esse livro. Ele possui também várias ilustrações lindas e fofas, que faz com que seja ainda mais lindo.

A história é linda, fofa, triste, mas ao mesmo tempo alegre. A relação entre Madeline e sua mãe é adorável, o amor que elas compartilham toca o nosso coração. Mas essa mesma mãe me decepcionou muito, muito. Não posso falar senão darei spoiler, mas tento entender como ela conseguiu fazer aquilo. Às vezes chego a uma conclusão, às vezes simplesmente penso que ela foi cruel.

E adorável e linda também é sua relação com Olly, o garoto dos olhos azuis como o oceano. Ah, as sensações. Como pode ser viver em um mundo onde você não sabe realmente como as coisas são? Não poder pisar na grama, sentir o vento, tomar chuva, ou até mesmo ir à escola? Um mundo onde coisas que consideramos extremamente banais, sejam super desejadas e inalcançáveis? Um mundo onde tudo que você acredita, seja mentira?

Esse livro também nos faz refletir. Às vezes temos tudo e achamos que não possuímos nada. Não agradecemos, mas reclamamos. Temos ódio, raiva, guardamos rancor. Vemos o lado ruim, mas não damos importância ao que realmente importa. Mais amor, por favor. Mais sorrisos, mais abraços. Esse livro realmente me tocou. E eu não poderia deixar de recomendá-lo! Leiam!

P.s: Faz referências a outras obras, como Orgulho e Preconceito, O Senhor das Moscas e Alice no País das Maravilhas. Madeline é leitora assídua! 📖💙


Acompanhe o blog:
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

2 comentários:

  1. Quero muito ler esse,Amei sua resenha.
    Seu blog é lindo parabéns.

    www.leiturasdadebora.com.br
    Instagram: @leiturasdadebora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Debora!
      Esse livro é um amor, indico demais a leitura!
      Muito obrigada pelo carinho <3
      Beijos :)

      Excluir