22 de julho de 2016

O que me faz pular, de Naoki Higashida

Título: O que me faz pular
Autor (a): Naoki Higashida
Editora: Intrínseca
N° de páginas: 192
Classificação:


✏ Sinopse: Naoki Higashida sofre de autismo severo. Com grande dificuldade de se comunicar verbalmente, o jovem aprendeu a se expressar apontando as letras em uma cartela de papelão, e, aos treze anos, realizou um feito extraordinário: escreveu um livro. Delicado, poético e profundamente íntimo, O que me faz pular traz uma nova luz para entendermos a mente autista. O jovem explica o comportamento muitas vezes desconcertante das pessoas com autismo e compartilha conosco suas percepções de tempo, vida, beleza e natureza, apresentadas em um relato e um conto inesquecível.

"Do seu ponto de vista, o mundo do autismo deve parecer um lugar extremamente misterioso. Portanto, por favor, para um pouco e ouça o que tenho a dizer."
Os livros que tratam de assuntos como o autismo, geralmente, são escritos por outras pessoas, não por aquelas que o possuem. Mas "O que me faz pular" é diferente e foge desse padrão.

O livro é escrito por Naoki Higashida, um garoto autista, de apenas 13 anos, que utilizou de um método diferente de soletração para isso. Achei maravilhoso, pois mostra ao mundo todo que eles também podem e têm capacidade para isso, o que muitas pessoas pensam não ser possível.

Naoki tenta quebrar esse preconceito entre as pessoas e escreve um livro de respostas. A cada capítulo, nós temos uma pergunta diferente relacionada ao tema, seja a respeito do comportamento, de interação, dúvidas, fatos e até mesmo uma pitada e preconceito gerada pela sociedade. Ele nos apresenta um relato íntimo sobre sua vida e sua rotina diária, mostrando ao leitor que ele nem sempre possui o controle de suas ações, e que também precisa de carinho e atenção.

O livro é bem curtinho, a leitura foi rápida e a cada página eu sentia um carinho maior por Naoki. Dá para imaginar o quanto ele e outros também sofrem com o preconceito e pensamento limitado das pessoas.

"Não se pode julgar uma pessoa pela aparência. Mas, a partir do momento em que você entende o que acontece dentro do outro, vocês dois podem se tornar bem mais próximos."

As respostas podem ajudar tanto pessoas que convivem com outras pessoas como ele, como também os pais, pois ele tenta (e consegue!) mostrar para nós o que se passa na mente de um autista, o que podemos fazer para ajudar e o que não devemos fazer.

Além disso, o livro possui ilustrações bem bonitas e no final do mesmo, nos deparamos com um mini conto bem bonitinho escrito pelo autor.

Vale a pena a leitura!
Acompanhe a Editora Intrínseca:
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER ♦ SITE  YOUTUBE   SKOOB
Acompanhe o blog:
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário