30 de maio de 2015

[Resenha] O Milagre

 Título: O Milagre
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
N° de páginas: 287
         Classificação:            
                
Sinopse: Jeremy Marsh é um jornalista cético que dedica a vida a investigar e desmentir fenômenos sobrenaturais. Ele está no auge do sucesso, prestes a ir trabalhar na TV, quando recebe uma carta curiosa. Nela, uma senhora relata a ocorrência de luzes estranhas e fantasmagóricas no cemitério de Boone Creek, uma pequena cidade na Carolina do Norte. Farejando uma boa história, Jeremy sai de Nova York e vai passar uma semana lá. Quando começa suas investigações, ele conhece a obstinada Lexie Darnell. Responsável pela biblioteca local, ela está determinada a proteger as pessoas e a cidade que tanto ama - e nem um pouco disposta a confiar no forasteiro. Depois de sofrer pelo término de dois relacionamentos, ela tem duas certezas: a primeira é de que seu lugar é em Boone Creek, e a segunda é de que não se pode acreditar num homem tão sedutor quanto Jeremy.
O que ela não imagina é que o jornalista também tem suas feridas. Ele nunca conseguiu superar completamente a dor de seu casamento desfeito e a frustração de saber que jamais poderá ser pai.

Enquanto tenta descobrir a verdade por trás das luzes do cemitério, Jeremy tem que desvendar também os próprios sentimentos e se vê diante de escolhas muito difíceis, entre elas a de voltar para a vida que conhece em Nova York ou fazer algo completamente novo: acreditar. O milagre é um romance que explora os maiores mistérios de todos: os do coração.


Jeremy Marsh é um famoso investigador nova-iorquino, com um estilo caça fantasmas/coisas sobrenaturais, que gosta muito do que faz. Escreve para a revista Scientific American, tem muitos fãs, em vários lugares e está no auge de sua carreira. E também tem muitas pessoas que o odeiam, o que é inevitável. Jeremy é muito bom em resolver mistérios, mas há um que vai além das investigações: os mistérios do coração.

Após o seu aparecimento na televisão, falando sobre o caso solucionado da farsa de um homem chamado Timothy Clausen, ele recebeu um e-mail que falava de um mistério em Boone Creek (que ficava no condado de Pamlico), que fazia referência a uma lenda sobre as luzes misteriosas do cemitério Cedar Creek. Ele ficou interessado no assunto e pensou que renderia uma boa matéria, então resolveu ir até a cidade para desvendá-lo. Mal sabia ele o que o destino preparara para sua vida.

Ao chegar em Boone Creek, conheceu o prefeito, que foi gentil até demais com ele, se ospedou, por causa do mesmo, em Greenleaf, um hotel esquisito, cujo quarto era meio estranho, com animais empalhados que ficavam com os olhos arregalados em sua direção. Foi ao cemitério e se deparou com um lugar antigo, com lápides que datavam do ano de 1700. Só que não foi somente isso que ele viu. Enquanto andava por lá, avistou uma bela mulher, a qual fez Jeremy ficar interessado no momento em que a viu.

Tentou esquecer aquela misteriosa mulher e procurou pela biblioteca da cidade, para fazer pesquisas sobre a  lenda, a fim de encontrar ajuda nos livros. O que ele não imaginava era que ia encontrar a mesma mulher por lá. Ela era a bibliotecária do local. Lexie Darnell, amante da leitura e daquele cantinho ao qual fazia parte. Jeremy ficou paralisado, mais uma vez imaginando como ela era bonita.


Durante uns dias, ela o ajudou a encontrar os livros e também lhe deu alguns diários, que seriam de grande ajuda. Mas, durante esse intervalo de tempo, os dois foram se envolvendo, o que já podia se esperar, uma paixão que nasceu tão de repente e em tão pouco tempo. Foi questão de dias. Mas nem tudo é perfeito. 

Para fazer esse amor dar certo, eles tiveram que enfrentar várias coisas, como desentendimentos, ex-namorado ainda apaixonado por Lexie; abrir mão de muitas coisas. Mas todo esforço tem uma recompensa. E no caso deles foi um amor muito grande e um milagre, algo que até então era impossível, mas que se fez verdade.

Sobre o livro: achei a capa linda, mas encontrei alguns errinhos durante a leitura. Isso incomoda um pouco, então deixo essa dica para quem fez a revisão. Tirando isso, está tudo lindo!
Eu me apeguei à história e ao amor entre Jeremy e Lexie. A ideia da lenda foi interessante, pois eu fiquei apreensiva tanto para saber sobre o relacionamento entre os dois quanto para saber o que provocava as luzes. Acho que já disse isso aqui, mas o Nicholas é um dos meus autores favoritos, e eu adorei esse livro. Agora estou ansiosa para assitir à adaptação e ver se foi fiel ao livro.
Recomendado!
Acompanhe a Editora Arqueiro:
Acompanhe o blog:
Beijos ♥

2 comentários:

  1. Não curto romance, nem tampouco o tio Nicholas, acho suas histórias com finais muito previsíveis. Mas... adorei a resenha, parabéns !

    Att. www.neuroseliteraria.wix.com/literary-neurosis/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Gosto bastante do Nicholas, acho que deu pra perceber, ne? rs
      Obrigada! :)
      Abraço

      Excluir