12 de janeiro de 2015

[Resenha] O Projeto Rosie

Título: O Projeto Rosie
Autor: Graeme Simsion
Editora: Record
N° de páginas: 319
Classificação: ♥♥♥♥♥
Sinopse: Para se ter a vida de Don Tillman, não é preciso muito esforço. Às terças-feiras come-se lagosta com salada de wasabi (seguindo um roteiro com refeições padronizadas que evitam o desperdício de ingredientes e de tempo no preparo); todos os compromissos são executados de acordo com o cronograma – alguns minutos reservados para a prática do aikido e do caratê antes de dormir; uma hora para limpar o banheiro; três dias da semana reservados para suas idas à feira – e se, apesar dessa programação, algum desagradável contratempo surgir em sua rotina, não há nada que não possa ser solucionado com meia hora de pesquisa científica.
Exceto as mulheres. Até o momento, a única coisa não esclarecida pelos estudos no campo de atuação de Don, a genética, é o motivo para sua incapacidade de arrumar uma esposa. Uma namorada ao menos? Ou até mesmo uma amiga para somar ao seleto grupo de amigos de Don, formado por Gene, também professor na universidade, e a mulher dele, Claudia, psicóloga e esposa muito compreensiva. Para solucionar esse problema do modo mais eficaz, Don desenvolve o Projeto Esposa, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a filtrar candidatas inadequadas a seu estilo de vida: fumantes JAMAIS, e mulheres que se atrasam por mais de cinco minutos ou que usam muita maquiagem estão fora dos critérios pouco flexíveis que o levarão à mulher ideal.
O único problema é que um questionário desse tipo exige tempo e dedicação, duas coisas que começaram a diminuir exponencialmente no cotidiano de Don desde que ele conheceu Rosie: fumante, vegetariana e incapaz de chegar na hora marcada. Ou esse era o único problema até Rosie entrar na vida de Don e – despretensiosamente, uma vez que ela nunca se candidatou ao Projeto Esposa – mostrá-lo que a mulher ideal não existe, mas o amor, sim.
Don Tillman é um geneticista que dá aula em uma universidade conceituada na Austrália e que contém uma rotina pré-definida. Ele marca o tempo de tudo que faz, e lista todos os afazeres de um dia, por exemplo, e os horários, estes nunca podendo exceder. Don tem também um roteiro de refeições de toda a semana, incluindo Lagosta com salada de wasabi às terças-feiras, algo que para ele não há desperdício de ingredientes e tempo de preparo. Pratica caratê e aikido também. Ele não se acha o tipo de homem que chama a atenção das mulheres e acende nelas o desejo de tê-lo como parceiro. Muito pelo contrário: ele pensa que nunca achará uma mulher com pensamentos compatíveis com o seu, a mulher perfeita como esposa em seu ponto de vista.

Por isso, Don decide criar o Projeto Esposa, que é na verdade um questionário super exigente com perguntas tipo "Você come rins?" e outras exigências como não ser fumante e não se atrasar para encontros. Ele o manda para muitas mulheres (muitas mesmo) e elas preenchem e mandam de volta o questionário para ele avaliar e para ver se elas atendem aos requisitos dele. Mal sabe ele que a mulher de sua vida não atende à maioria do que estava escrito no questionário.

Gene, que é o melhor amigo de Don que também é professor e esposo de Cláudia, psicóloga, indica Rosie para ele, o que ele pensa ter sido uma das candidatas ao Projeto Esposa. O professor Tillman aceita e resolve sair com ela para um jantar. A partir do dia em que ele conheceu Rosie, sua rotina, seus afazeres e o Projeto Esposa começaram a ficar um pouco de lado e ele focou mais em um novo projeto: O Projeto Pai, que consistia basicamente em encontrar o pai biológico de Rosie. 
Com esse projeto, os dois passam a conviver muito mais. Don não a vê como uma parceira ideal por vários motivos: Rosie fuma, é vegetariana (mas come frutos do mar de criação sustentável), possui tintura no cabelo e não possui o hábito de chegar no horário ou adiantada, ela sempre se atrasava. 

Com o intuito de encontrar o pai biológico de Rosie, Tillman acaba conhecendo novos lugares e fazendo coisas que nunca havia feito, como ler um livro sobre coquetéis e trabalhar em uma festa com Rosie e coletar amostra de saliva de todos os homens presentes, pois todos tinham chance de ser o pai dela. 
Depois de ter recolhido quase todas (pois alguns homens não tinham aparecido e alguns desses moravam em NY), ele fez o teste (escondido) no laboratório da universidade e não deu nenhum resultado de compatibilidade. 

Vários testes foram feitos, mas nenhum com êxito. Don não queria desistir de encontrar o pai de Rosie, mas ela já estava desistindo do Projeto. Até que Don recebe uma carta de Daphne, uma mulher que ele havia conhecido há um tempo e que havia se tornado uma grande amida. Ele a ajudara e dera apoio nas horas difíceis. Na carta, ela o agradecia e lhe falava que uma quantia em dinheiro seria dele, como presente. Essa quantia foi suficiente para levar ele e Rosie a NY à procura do pai biológico e à uma grande mudança no interior de Don. Quem diria que ele iria deixar de fazer sua programação que consistia basicamente em ir ao Museu de Arte Comteporânia e deixar Rosie tomar a frente dos afazeres durante dois dias por lá? Ninguém, eu acho. E aí ele começa a perceber que a vida nem sempre é como imaginamos e que o amor pode estar ao seu lado. 

O livro, no geral, foi bom e um pouco engraçado. Ver como Don levava uma vida toda programada e ver os seus pensamentos dava um pouco de humor à história. Mas, eu senti falta da atuação dos outros personagens citados durante o livro, como Gene. Achei ele super estranho e sem graça e um pouco afastado da história. 
A leitura do livro fluiu com muita facilidade, mas não posso dizer que gostei tanto dele assim. É um livro legal e por esses motivos citados eu dei uma nota 3/5. Mas, para quem ficou interessado na sinopse e leu a resenha e se identificou com alguns aspectos ou gosta deste tipo de história, é uma boa leitura. 
E vocês, já leram esse livro? Qual é a sua opinião sobre ele?

Acompanhe o blog:
Beijos ♥

14 comentários:

  1. Confesso que sempre tive uma vontade imensa de ler esse livro. E apesar de muitos não terem gostado, eu ainda continuo querendo tirar minhas próprias conclusões, até pq me identifico com o tipo de história.. A resenha ajudou bastante... Ficou ótima :DD

    bjs, linda!

    www.eduardalins.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Eduarda! Igual eu disse, se você se identifica com a história, vale a pena ler. Acho que eu criei muitas expectativas e ele não atendeu totalmente a elas. Fico feliz que a resenha tenha lhe ajudado de alguma forma!
      Beijos, linda <3

      Excluir
  2. Eu gostei, a leitura fluiu bem comigo também. Tem umas partes engraçadas, mas é um bom livro para quem quer ler algo leve.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Wislanny! Acho que o problema é que eu imaginei ser uma história diferente e criei muitas expectativas. Mas no geral, é um bom livro e de leitura fácil rs
      Beijos! :)

      Excluir
  3. Oie Karen! :D
    Queroooo nuito ler esse Livro faz um tempo, mas fico esperando encontrar ele na promoção! kkk ^^
    Eu sabia um pouco sobre o Projeto Esposa dele mas não sabia que a Rosie não conhecia o Pai dela, e que o Don passa a ajudar ela, isso me deixou ainda mais curiosa para ler!! :D
    Tenho certeza que irei gostar bastante da leiura e que irá fluir fácil comigo! Gosto desse Estilo Literário!

    Beijoos e até! ^^
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Amanda! Na época, comprei ele e mais dois outros livros por mais ou menos R$ 39,00, se não me engano (na Submarino).
      Espero que goste da leitura desse livro! :)
      Beijos

      Excluir
  4. Faz um tempo que ouvi falar sobre o livro, mas até agora não me decidi se vou ou não ler. Pela sinopse parece ser uma história legal, porém quando leio que o protagonista tem uma vida controlada isso me passa uma impressão de ser uma leitora tediosa; mas agora que você falou que são momentos engraçados, então talvez eu leia. No entanto vou esperar um pouco mais, até a sequência ser publicada aqui, o que não vai demorar. =D

    Blog | Paixonites Literárias Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! A história tem partes engraçadas sim, espero que goste da leitura. Tem sequência? Não sabia rs
      Beijo

      Excluir
  5. Fiquei com vontade de ler...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Isa! Leia sim, depois me conta o que achou do livro :)
      Beijo

      Excluir
  6. Adorei a resenha e a dica do livro. Amo ler e escrever, tanto que resolvi colocar esse meu amor no blog que criei bem recentemente, haha. bjss


    http://efeitotranslucido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Mirelle! Que bom que gostou da resenha! Vou agora fazer uma visita ao seu blog :)
      Beijos

      Excluir
  7. Fiquei feliz com a informação de que a leitura flui bem e de forma humorada, porém me fixei nesse ponto "Mas, eu senti falta da atuação dos outros personagens citados durante o livro, como Gene.", eu prezo muito isso, também. Será que vai ser um ponto negativo para minha leitura? Espero que não, mas de qualquer forma foi ler pois já o comprei. :) Mais uma vez arrasando com as resenhas, Karen. Estou aprendendo várias coisas para aperfeiçoar as minhas, pois escrevo a pouco tempo, então sempre tenho a preocupação de ter transmitido certo o que compreendi da história. :) xx

    http://roteirodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Tainá! É só você não dar muita corda pro Gene que a leitura fica bem mais interessante. Eu esperava mais dele, sabe. Mais atuação, algo a mais, mas para mim não apareceu. Espero que goste do livro, depois me conta o que achou!
      Obrigada, fofa <3
      Beijo :)

      Excluir