15 de janeiro de 2015

[Resenha] Extraordinário

Título: Extraordinário
Autora: R. J. Palacio
Editora: Intrínseca
Nº de páginas: 318
Classificação: ♥♥♥♥
 
Já faz um tempinho que ganhei esse livro e ele estava esperando por alguém lá na estante. Muitas pessoas o elogiam e eu acho que não é para menos. Dá vontade de sair por aí indicando o livro para todo mundo.
 
Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência um, ele é um menino igual a todos os outros.
R. J. Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo o tipo de leitor.

August Pullman é um garoto normal como todos os outros, toma sorvete, gosta de vídeo-game. A única coisa diferente nele é o seu rosto: ele tinha algo como "disostose bucomaxilofacial previamente desconhecida". Por isso, o seu rosto não era como o das outras pessoas. Já pode-se imaginar a reação dos outros ao verem ele: muitas pessoas gritavam, saiam de perto dele, ou até mesmo faziam de tudo para não encostar no Auggie (como ele era chamado). Sua irmã se chama Olivia, mais conhecida como Via, seus pais Isabel e Nate, que o amam muito e uma cadela chamada Daisy.

Seus pais tinham resolvido colocá-lo na escola, para iniciar o 5º ano, já que era sua mãe que dava aulas para ele, em casa. Mas Auggie nunca havia frequentado nenhuma escola antes e ele já estava imaginando como seria conviver com outras crianças e como elas reagiriam à sua aparência. Mas ele acabou aceitando. 

Mesmo não sendo época de aula ainda, eles foram fazer uma visita à escola que seria a nova do Auggie, a Beecher Prep, que tinha como diretor o Sr. Buzanfa. Nesse dia, alguns alunos foram mostrar as salas da escola e falar um pouco sobre ela a August, e entre esses alunos estavam Jack Will, Charlotte, Julian... August encontrou muitas dificuldades por lá, como alunos olhando fixamente para ele toda hora e cochichando coisas sobre sua aparência. Mas, ele já estava acostumado com tal coisa e tentou evitar essas pessoas.

Até que ele começa a conviver mais com Jack, que acaba se tornando um grande amigo. Também conhece uma garotinha chamada Summer, e eles passam a sentar juntos todos os dias no almoço e a conversar bastante, o que fazia bem para ele. Muitos dos estudantes o evitavam e falavam coisas horríveis a respeito de seu rosto, como Julian. Ele era um garoto que se achava superior aos outros e que ficava falando e inventando coisas sobre o Auggie. Mas August dava valor aos seus amigos e tentava esquecer esses outros que insistiam em tentar tirá-lo do caminho.

Depois de um tempo em que havia entrado na escola, os meninos que estavam do lado de Julian acabaram ficando neutros (Auggie, Summer e Jack haviam feito um "quadro" dividindo quem estava do lado deles, do Julian e quem estava neutro) e deixando somente Miles e Henry do lado dele. As pessoas passaram a olhar o Auggie com um jeito diferente, não reparando muito na sua aparência, mas vendo o que ele tinha por dentro. Dando atenção ao que realmente importava. August Pullman era um garoto super legal, confiável, brincalhão, amigo e sua aparência não interferia em nenhum desses valores.

"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo."
- Auggie
A leitura desse livro foi deliciosa. A cada virada de página eu gostava mais do Auggie e de sua auto estima e seu jeito de encarar as coisas. Sua coragem. Sua alegria. Acho que essa é uma grande mensagem que podemos transferir para nossas vidas. Deixar de olhar as aparências e olhar para o que as pessoas carregam consigo em seu coração. Aliás, não é isso que importa?
Na sociedade de hoje vemos muito dessa coisa de discriminação pela aparência. Muitos falam que os livros não nos passam nada de interessante, mas olha só!
Um bela lição de vida!
Eu indico o livro a todos e espero que gostem dele tanto quanto eu gostei :)
E vocês, já leram Extraordinário? O que acharam do livro?

Acompanhe o blog:
Beijos ♥

19 comentários:

  1. Karen, amei a resenha! Todos aqui em casa já leram só falta eu, ele está na minha lista de leitura da Maratora.
    Milhões de beijos
    Danne

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Daniela! Que bom que gostou da resenha! Leia sim, vai amar.
      Beiijos :D

      Excluir
  2. Ótima resenha, to doida para ler esse livro já faz um tempo.
    Beijos
    Dezesseis de Volta | Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Dani! Fico feliz que tenha gostado da resenha. Não vai se arrepender da leitura :)
      Beijos

      Excluir
  3. Também já li e achei extraordinário, assim como o título rsrs. O Auggie é uma fofura e nos ensina tanto, um livro para todo mundo ler.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Wis! Realmente, o livro tem tudo a ver com o título rs
      O Auggie é fofo demais e o livro nos trás vários ensinamentos, com várias coisas que nós podemos começar a cultivar mais, como a gentileza.
      Beijos e obrigada pela visita! :)

      Excluir
  4. Estou doida para ler este livro! Eu já deveria ter comprado ele no ano passado, mas sempre surge outros e eu acabo esquecendo. Quero muito ler ele e sua resenha só fez aumentar a vontade. Amei a resenha, parabéns!

    Twee - http://ameliatwee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Amélia! Aproveita que ele está com preços ótimos na internet. Fico muito feliz que tenha gostado, fofa. Obrigada!
      Beijo :)

      Excluir
  5. O tipo de livro que da vontade de indicar pro mundo inteiro para ver se acaba com tanto preconceito que existe, principalmente nas escolas, deveria ser uma leitura obrigatória. Amo o Auggie, a Summer, a Via e o Jack <3
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Mandy! Realmente, deveria ser indicado nas escolas, pois trás uma mensagem muito linda. Não tem como não amar eles <3
      Beiijos :)

      Excluir
  6. Oi, Karen!
    Extraordinário foi uma das melhores leituras que realizei em 2014. Aproveitei para reler também em outro momento.
    Ele é um daqueles livros que nos fazem refletir e ter outras perspectivas de vida.
    Surgiram notícias de que ele seria adaptado para o cinema e não vejo a hora disso se concretizar e espero que consiga captar de verdade toda a essência da história.
    Tem também o livro de preceitos 365 dias Extraordinários lançado pela Intrínseca que parece ser muito bom além de lindo.
    Sua resenha foi muito bem escrita, parabéns.

    Beijos.
    http://asassecretas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Sabrina! Extraordinário já entrou para a lista dos meus livros preferidos de 2015. Sério que será adaptado? Tomara que consigam transformar o filme em algo lindo como foi o livro.
      Já ouvi falar de 365 dias Extraordinários e está na minha lista. Muito obrigada, fofa!

      Beijos :)

      Excluir
  7. Eu li Extraordinário sem esperar muita coisa dele (mesmo com tantos elogios - sou resistente a isso) mas me surpreendeu e muito. Assim como você, a história me cativou. Como não se afeiçoar por Auggie? Top de mais. Amei a sua resenha e a forma que você escreveu. Parabéns!
    (ps.: Seguindo seu blog!)

    http://cantinadolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Carlos Magno! Eu já li ele com grandes expectativas e ainda conseguiu me surpreender. O Auggie é um personagem que nos ensina grandes valores e o livro condiz totalmente com o título!
      Muito obrigada! :D

      Excluir
  8. Oi Karen! Eu ainda não li Extraordinário, na verdade eu não tenho(?) a intenção de ler, mas já várias resenhas e todos falam tão bem do livro que estou ficando sinceramente curioso e a credito que vou acabar lendo o livro! A mensagem que a autora transmite no livro não poderia deixar de ser mais bonita e isso é uma ato que me agrada realmente no livro, vou ver se leio!!

    Xo
    Re.View

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Alisson! Leia sim, vai gostar muito do livro e principalmente do Auggie! :)

      Excluir
  9. Ainda não li mas quero muito conferi! ^^
    A cada resenha que leio fico mais encantada com a mensagem desse Livro, e ainda mais ansiosa para ler e poder sentir a história! *-*

    Beijinhos e até Karen! ^^
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá! Eu tenho esse livro, comprei recentemente e ele faz parte da minha meta de leitura para as férias ainda hahaha. E sim eu li e assisti a resenhas que o elogiam pra caramba, o que me deixa mais animada para ler. Agora falando série, sinto que as pessoas gostam tanto desse livro que passam os sentimentos positivos e a seriedade do assunto do livro tanto por palavras ditas como escritas, e não foi diferente com a sua resenha, sempre fico com um arrepio. Obrigada pela resenha, Karen! : ) xx

    http://roteirodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. A.D.O.R.E.I a resenha!
    Pode ter certeza que eu vou ler!!! E indicar!
    Visite o meu blog! #novata
    priincesssweet.blogspot.com.br

    ResponderExcluir